Conceição Ribeiro

Quando comecei a correr (mentira, a caminhar) na Triação, meu objetivo era apenas fazer alguma atividade. A empresa onde trabalho estava me oferecendo o benefício e achei oportuno aproveita-lo. Lembro bem que a caminhada Ondina X Farol da Barra x Ondina me deixava ofegante e cansada. Às vezes, eu nem ia até o Farol. Aos poucos, fui aprimorando os passos até arriscar com trotes. Com o tempo, fui ganhando fôlego e correndo os primeiros quilômetros. Quando fiz minha primeira prova de 5km, achei o máximo e falava que ali era meu limite, que eu não precisava correr mais, que meu objetivo era apenas ter saúde.

Um dia, me desafiei para os 10km, que também achava uma longa distancia. Treinei e consegui. Até aí tudo bem: não tinha a intenção de correr mais do que isso. Mas o gosto pela corrida e a minha vontade de superação foram mais fortes que os 10km. Em 2015 fiz a primeira meia maratona. Foi uma emoção sem tamanho. O sol castigou, mas completei a prova com dignidade. Rs! Em 2016 teve mais meias, RP e por aí vai. Como gosto de desafios, em 2018 fiz minha primeira maratona. Foi uma das melhores experiências da minha vida. Para 2019, tenho como meta o Desafio do Rio. E eu sei que vai dar tudo certo, pois estou focada e tenho a Triação ao meu lado.

É de uma caminhada que nascem as primeiras provas de 5k, 10k até uma maratona; que ninguém começa percorrendo longas distâncias, que corrida é treino. Eu sou o exemplo disso.
Em maio próximo, completo 5 anos de Triação. Sou muito feliz pela transformação que a corrida de rua fez em minha vida.

Marco Gonsalves

Escolher a Corrida de Rua como prática de esportes foi fundamental para a redução de um processo depressivo, e consequentemente na melhoria na saúde física e mental, na minha alimentação e no autoestima. Estes benefícios foram fundamentais para que eu tivesse mergulhado com disciplina na prática desse esporte.

Para toda essa mudança e melhoria no desempenho foi de extrema importância o acompanhamento da Triação com uma equipe de profissionais sérios, estudiosos, responsáveis e com uma excelente estrutura técnica para evolução dos treinamentos.

Bruna Jardim

Cresci vendo meu avô, com quase 90 anos, correr 5km todos os dias. Percebi que aquele poderia ser o segredo da sua saúde e longevidade.

Há mais de 10 anos decidi começar a correr e ficava impressionada com aquela turma de camisa laranja, tão disposta e unida, que sempre passava por mim.

Observava aquela tenda e toda aquela confraternização. Queria fazer parte daquela festa. Queria correr como eles.

Quando percebi que era a hora de buscar um apoio profissional, não tive dúvidas de quem procurar e, no dia seguinte, estava na Barão de Loreto conversando com Diogo e iniciando aquela que seria a nova fase da minha vida.

Virei integrante da Triação. Agora também tinha a minha camisa laranja.

O tempo passou a corrida se tornou um dos meus maiores referenciais.

Talvez seja assim com todos os corredores.

Quando começamos a correr ganhamos uma nova qualificação.

A sensação que tenho é de que as pessoas me qualificam como Bruna, advogada, casada e corredora.

Sabe aquelas perguntas que sempre te fazem quando te encontram?

Como vai a família? A advocacia? O casamento?

Acrescente sempre mais uma: como vão as corridas?

A corrida me deu um novo mundo.

Um mundo de amigos, rotina, saúde, alimentação saudável, pace, VO2, fartlek, tiros, intervalados…

Minhas férias e viagens são definidas em função dos locais onde quero correr.

A saúde e qualidade de vida me levaram a buscar a corrida! O profissionalismo e os amigos que fiz na Triação me fazem permanecer.

É quase impossível não contagiar todos ao seu redor. Especialmente os mais próximos.

Meu marido foi um deles.

Acabei o levando para a turma, o que nos tornou ainda mais parceiros, cúmplices, incentivadores e amigos.

Tenho uma lista das 21 meias maratonas que pretendo correr, assim como a quantidade de km em cada uma delas…Faltam 19 e já estou me preparando para a próxima.

Não tenho pressa.

Falta muito tempo para meus 90 anos!

Marcos Lima

Eu estou participando da Triação há 11 anos. Antes de chegar eu sofria com uma enxaqueca pesada, vivia estressado, tomava diariamente medicamentos fortes para tentar melhorar o mal estar. A entrada da Triação foi um verdadeiro marco na minha vida. Quando busquei o trabalho, na verdade, foi com a intenção de emagrecer, mas os benefícios foram além e a atividade com eles mudou totalmente minha vida. Hoje me sinto muito bem . Tenho mais foco, determinação e mais disciplina para alcançar minhas metas em todas as áreas.

Foram muitos benefícios no meu crescimento como pessoa, sem falar na parte de convívio social com o grupo, que é também é muito satisfatória. Já corri dez maratonas, inclusive a de Boston, que é a mais famosa do mundo. Vendo os resultados, meu cardiologista comenta que sou um caso interessante da transformação do esporte na vida de uma pessoa e já quis me levar para participar de congressos da área de saúde.

Diogo e Paulo, além de pessoas fantásticas, são profissionais da mais alta competência. Enquanto eu tiver saúde e puder correr estarei na Triação. Estou muito satisfeito com o o serviço da Assessoria. O trabalho que eles entregam é fenomenal! Não tenho nada do que me queixar e indicaria para qualquer um que queira iniciar um roteiro para crescimento.

Danilo

A Triação é muito bem organizada. Oferece as modalidades de corrida, triathlon e natação em diversos locais da cidade, em diversos horários e dias da semana variados. Então isso faz com que você tenha uma facilidade de praticar, porque nós estamos falando de atletas amadores que praticam no seu tempo livre, atletas recreacionais. A Triação leva muito a sério a questão da prescrição. Isso faz com que as pessoas tenham os objetivos considerados pelos professores, mas seu limite respeitado também. A Triação faz uma análise detalhada para sugerir uma condução adequada.

Um outro ponto muito importante é que o ambiente é muito bacana. Eu fiz muitos amigos lá. Já batizei filho de pessoas que também fazem parte da Triação. Tenho colegas que frequentam minha casa e fazem parte do meu círculo de amizades já há algum tempo, pessoas que conheci lá. A Triação propicia experiências interessantes em termos de viagens para fazer competições em outros países. Porém , mais que isso, se torna parte da sua vida. Se eu pudesse resumir o que penso sobre a Triação diria que ela integra os seus associados entre eles e na atividade física de forma bastante lúdica e benéfica para todos.

Kleber Santana / Designer

A Triação tem um trabalho de comprometimento e respeito aos atletas. Isso resume muito bem o trabalho sério feito, desde os estagiários aos diretores da Triação . Minha história na Triação começou em observar de longe como eram tratados os alunos em suas provas. Eu não fazia parte do corpo de alunos, mas sempre visitava a tenda e sempre fui bem recebido. Por influência de minha esposa eu aderi à corrida de rua….. e esse foi um pré-requisito necessário para me inscrever no programa do Clube de Corrida da empresa onde trabalho. Hà 09 anos faço parte do corpo de alunos.

Neste ano completo 50 anos e após a prática de esportes dentro do clube a minha vida, dentro e fora do trabalho, mudou para melhor. E como mudou! Meus dias de treino são recheados de adrenalina e alegria. Combustível necessário para enfrentar o resto do dia nesse nosso mundo acelerado. Meu corpo hoje se comporta de outra maneira em quase tudo que faço (corrida, musculação, natação e trilhas).

Felicidade e certeza de estar no clube certo na hora certa resumem muito bem esse feeling Triação.

Guga Cruz / Advogado

As histórias que vivi e continuo vivendo nas corridas são escritas com a Triação. Quando corro, mexo com o corpo, a mente e a alma. E é a Triação quem me ajuda a unir esses elementos. A empresa torna as minhas experiências com a corrida divertidas e seguras. Me ensina que a corrida é muito mais que correr: é um estilo de vida.